Ser Especial na Revista Incluir

“No mês de abril, a Revista Incluir publicou uma matéria sobre a Ser Especial.”

Associação, especializada na inclusão profissional, completa 14 anos e inaugura novas instalações

A Ser Especial ‒ Associação Assistencial de Integração ao Trabalho (AAIT), que completou 12 anos de atuação em 2016, inaugurou novas instalações de seu Centro de Capacitação e Aprendizagem Profissional.

A associação também foi cadastrada no Conselho Municipal da Criança e Adolescente para desenvolver uma parceria de aprendizagem profissional, para o ‘Programa Jovem Aprendiz’. Desde então, a entidade fez contato com diversas empresas com objetivo de fechar novas parcerias. Assim, intensificou ainda mais sua atuação, iniciada em 2002, na criação de programas de inclusão social no mercado de trabalho para pessoas com deficiência, sem limite etário. As iniciativas são desenvolvidas por uma equipe multidisciplinar especializada, que utiliza tecnologia social própria: a inclusão monitorada, que consiste no acompanhamento dos processos de recrutamento, capacitação, seleção e suporte pós-contratação com objetivo de fomentar a retenção da pessoa com deficiência no trabalho.

A metodologia utilizada tem como base o trabalho realizado em parceria com o Colégio Paulicéia, instituição com sólida base sócio- educativa voltada à capacitação de pessoas com deficiência por meio da valorização de suas habilidades, competências e autonomia, respeitando sempre seus limites e conduzindo-as ao exercício pleno da cidadania. Dessa forma, acontece a ‘inclusão de fato e não só no papel’ conforme defende a educadora Carmen Lydia da Silva Trunci de Marco, diretora voluntária da Ser Especial.

Segundo ela, o real comprometimento com a inclusão está alicerçado na filosofia de que o ensino deve oferecer a oportunidade de conviver com a diversidade, primeiro passo, para aceitação das diferenças o que contribui para a formação de um jovem solidário, um cidadão do mundo.

Em 2016, a Ser Especial firmou parceria com a Insper, uma instituição de ensino e pesquisa, sem fins lucrativos, que oferece cursos de graduação, pós-graduação e especialização em MBA, mestrado profissional, doutorado e educação executiva.

Com isso, o instituto recrutou oito aprendizes com deficiência intelectual, e a Ser Especial ajudou a mapear as melhores áreas de atuação para estes alunos.

Por: Julliana Reis