Agenda socioambiental e inclusão são tendências corporativas em 2021

[Pra cego ver] Pessoas com camisetas verdes e com símbolo da reciclagem em destaque seguram o globo

[Pra cego ver] Pessoas com camisetas verdes e com símbolo da reciclagem em destaque seguram o globo

A cobertura das pautas organizacionais têm mostrado que, após o ano de 2020, em que a crise ambiental foi agravada e alardeada em todo mundo, e o racismo escancarado pelo planeta, as agendas inclusiva e socioambiental merecerão atenção das companhias em 2021. Será isso ou sofrer as penas decretadas pela opinião pública, pelo mercado, pelos investidores e até mesmo pelos colaboradores, que não hesitarão em trocar a empresa por uma outra que lhe gere mais propósito ao encarar com mais seriedade temas como esses, se forem de seu profundo interesse.

Ricardo Sales, colunista do canal “Você S/A” (Abril) e pesquisador da Universidade de São Paulo, destaca pesquisa em que 97% das organizações entrevistadas têm intenção de manter ou aumentar investimentos em inclusão este ano. E enumera algumas tendências que devem ser destaque nesse cenário, algumas das quais a SER ESPECIAL endossa e complementa por aqui:

1) Do discurso à ação – Vá além da sensibilização: a ordem, agora, deve ser efetivar as ações inclusivas, que devem fazer com que a diversidade saia do marketing e das palestras nas empresas para, de fato, acontecer no ambiente corporativo, tornando-o multicultural e colaborativo.

2) Diversidade de cima a baixo – Aproveitando as reestruturações comuns no início do ano, as empresas devem se atentar à representatividade de públicos em todos os seus escalões.

3) Ampliação de projetos socioambientais e incorporação de conceitos no dia a dia – Sustentabilidade deve se tornar pilar de atuação da empresa e não ser apenas tema de ações isoladas, ainda que estas sejam importantes e devam ser mantidas e até ampliadas neste momento que vivemos.

4) Debate racial ampliado – As empresas devem ser coerentes com o discurso que adotam em datas comemorativas e levar a pauta para o dia a dia da empresa.

5) Saúde mental sem tabu – A pandemia mostrou a importância do tema e da estrutura necessária nas empresas para abordá-lo sem estigmas, promovendo a saúde mental de seus colaboradores e a inclusão.

Para saber mais: https://vocesa.abril.com.br/blog/ricardo-sales/10-apostas-para-diversidade-e-inclusao-em-2021/