Todos motivados?

[para cego ver] Ilustração abstrata mostra a representação de um indivíduo se deparando com sua sombra desenhada como a de um super-herói. Engrenagens compõem a imagem, dando a ideia de reflexão e trabalho.

[para cego ver] Ilustração abstrata mostra a representação de um indivíduo se deparando com sua sombra desenhada como a de um super-herói. Engrenagens compõem a imagem, dando a ideia de reflexão e trabalho.

As razões pelas quais um colaborador não se apresenta motivado para o trabalho que exerce podem ser muitas – desde pessoais até as relacionadas com remuneração, falta de entrosamento na equipe ou reconhecimento por parte da liderança, entre outras. Os desafios em promover a motivação no ambiente de trabalho, por sua vez, estão em todas as etapas da lida com essa questão.

É preciso identificar corretamente aquilo que torna o colaborador desmotivado, avaliar se é algo isolado ou que se repete (ou tem potencial de se repetir) entre outros colaboradores, auxiliar a ressignificar o problema por meio de treinamentos, dinâmicas, atividades de socialização etc. Se já se tornou um problema generalizado, essas ações e atividades também se aplicam, em maior dimensão – reengenharias pontuais ou mais amplas muitas vezes se fazem necessárias. Um bom diagnóstico, bem como a certeza de que se está adotando a melhor e mais precisa solução são grandes desafios – assim como mensurar resultados de qualquer ação tomada para aumentar a motivação do colaborador ou da equipe.

Recomenda-se que avaliações constantes deem conta de verificar, nos indivíduos:
– A pouca disposição na execução de tarefas diárias ou queda de rendimento e/ou proatividade;
– Discursos negativos e críticas constantes;
– Baixa socialização com outros membros da equipe;
– Baixo engajamento em mudanças, treinamentos, campanhas diversas;
– Discordâncias frequentes, que atravessam hierarquias ou ocorrem entre pares de uma mesma equipe.

A presença de um ou mais fatores é ponto de atenção para o trabalho com o indivíduo – ou, constatando-se generalização destes entre grupos, vale abordar liderança(s) e equipes, e mobilizar o RH da empresa, antes que a desmotivação se alastre entre departamentos ou seja reconhecida como algo inerente ao trabalho na companhia.

Fonte: especialistas da SER ESPECIAL